O Direito está em nosso dia-a-dia, sempre à espreita e pronto para ser acionado em caso de infringência ou alteração de alguma situação jurídica. Já pensou nisso? Vamos te apresentar alguns exemplos:

1 – Aquele produto que veio com defeito ou aquele serviço que você contratou e foi mal executado;

2 – Aquele juro exorbitante que triplicou o valor final do seu financiamento;

3 – Aquela discussão ofensiva que passou dos limites após uma colisão de veículos em um cruzamento de sua cidade;

4 – As mudanças do seu estado civil ao longo de sua vida;

5 – As questões relacionadas a bens, herança, dívidas existentes e créditos a receber, etc.

6 – A constituição de uma família e sua gestão, inclusive após o fim da sociedade conjugal (tutela, adoção, guarda, alimentos etc.)

Para estas e outras diversas situações da vida que venham a ocorrer, desde antes do nascimento, até o óbito, o Direito reserva proteção e tutela jurídica.

E para todos estes casos, é o advogado o único profissional habilitado e qualificado para construir pontes sólidas e trilhar os caminhos mais certeiros e adequados rumo à solução dos seus problemas.

Seja para conduzir um processo, atuar em um tribunal ou fora dele, mediando, conciliando ou orientando, o advogado será a sua voz e intermediário da comunicação entre você e o Direito, na busca pela pacificação dos conflitos. Por isso, contar com um profissional de confiança, experiente, atualizado e dedicado é fundamental!